26 de jan de 2012

Fisgada na sola do pé? Cuide-se!


Caminhadas e corridas leves são ótimos exercícios, e fazem bem não só aos músculos como também à circulação e respiração.

E é nesse momento que muitas pessoas percebem que aquela pequena dorzinha na sola do pé, se tornou tão intensa que impede a prática de exercícios.
 
A dor na sola do pé é muito comum, seja constante ou em fisgada, e costuma estar associada a um problema bem conhecido pelos cirurgiões ortopedistas, a fascite plantar.
 
Esse problema nada mais é do que a inflamação de uma estrutura fibrosa que vai do calcanhar em direção aos dedos e auxilia na formação do arco do pé. A  inflamação ocorre, normalmente, por alteração desse arco, seja para uma curva excessiva, ou o famoso “pé chato”, com diminuição da arco.
 
A dor característica da doença é pior de manhã e melhora um pouco durante o dia. Está associada também ao movimento dos pés durante a caminhada, quando esticamos a fascia plantar que, inflamada, dói como uma fisgada.
 
O tratamento habitual consiste em alongamentos que podem ser realizados em casa mesmo. Porém, para potencializar a melhora e até mesmo se livrar do problema, a Quiropraxia é novamente recomendada.
 
Assim como outros profissionais, o quiropraxista vai se preocupar inicialmente em eliminar ou minimizar a inflamação e em alongar essa estrutura fibrosa que está, de certa forma, encurtando. Paralelo a isso, surge o diferencial da Quiropraxia. Com ajustes da coluna, pernas e pés, o quiropraxista normaliza a biomecânica e a formação do arco plantar, fazendo com que a sobrecarga seja removida da fascia, permitindo que o corpo se recupere da lesão e da inflamação.
 
Os benefícios podem ser percebidos em curto prazo, mas o tratamento deve ser mantido, pois a ausência de sintoma mascara problemas que ainda possam estar presentes.

Com a Quiropraxia, a fascite plantar logo deixará de impedir suas atividades físicas e prejudicar sua qualidade de vida!

Nenhum comentário: